150 freguesias com risco elevado de incêndio florestal no Distrito de Viseu - Edição Jornal
24808
post-template-default,single,single-post,postid-24808,single-format-standard,qode-quick-links-1.0,ajax_fade,page_not_loaded,,hide_top_bar_on_mobile_header,qode-theme-ver-11.0,qode-theme-bridge,wpb-js-composer js-comp-ver-6.0.3,vc_responsive

150 freguesias com risco elevado de incêndio florestal no Distrito de Viseu

150 freguesias com risco elevado de incêndio florestal no Distrito de Viseu

O Distrito de Viseu tem este ano 150 freguesias com risco elevado de incêndio florestal. São mais 16 que no ano passado.

Na lista publicada em Diário da República, Castro Daire mantém-se como o concelho com mais freguesias sinalizadas, num total de 16 localidades, seguido de S. Pedro do Sul, com 13, e Viseu, com 12.

Mortágua aparece este ano lista, o que não aconteceu durante 2018. São quatro localidades classificadas com risco de incêndio.

Entre os municípios que viram aumentar a lista de freguesias referenciadas, estão S. João da Pesqueira, Resende, Penedono, Tabuaço, Cinfães e Armamar.

Com esta lista, o Governo estabelece ainda os níveis de prioridade na limpeza dos espaços florestais, com 95 freguesias do distrito classificadas como primeira prioridade nas ações de limpeza, mais três que ano passado. Na lista de segunda prioridade há 55 povoações, mais 13 em relação a 2018.

O Governo lembra que os proprietários têm até 31 de maio para limparem os matos junto a casas, estradas e zonas industriais. Depois dessa data as autoridades avançam com aplicação de multas.

Esta e outras notícias para ouvir em desenvolvimento na Estação Diária – 96.8 FM ou em www.968.fm