Ministério da Saúde questionado pela falta de recursos humanos nas Unidades Funcionais do ACES Dão-Lafões - Edição Jornal
21487
post-template-default,single,single-post,postid-21487,single-format-standard,qode-quick-links-1.0,ajax_fade,page_not_loaded,,hide_top_bar_on_mobile_header,qode-theme-ver-11.0,qode-theme-bridge,wpb-js-composer js-comp-ver-6.0.3,vc_responsive

Ministério da Saúde questionado pela falta de recursos humanos nas Unidades Funcionais do ACES Dão-Lafões

Ministério da Saúde questionado pela falta de recursos humanos nas Unidades Funcionais do ACES Dão-Lafões

Os Verdes questionaram no parlamento o Ministério da Saúde sobre falta de recursos humanos, meios adequados, e deficientes condições de trabalho nas Unidades Funcionais do Agrupamento dos Centros de Saúde Dão-Lafões.

Segundo os Verdes, há falta de viaturas para prestação de cuidados domiciliários e em regime de ambulatório, as que há não estão adaptadas para a recolha e transporte de resíduos e apontam ainda para a necessidade do reforço de assistentes operacionais, e de obras de manutenção de estruturas e dos equipamentos de todas as Unidades Funcionais do Agrupamento.

Nesta altura, e sem estarem cumpridos estes pressupostos, Os Verdes consideram que está em causa “a proteção e promoção da saúde pública da população e dos profissionais de saúde”.

Em 2016 o Ministério da Saúde reconheceu que o Agrupamento dos Centros de Saúde Dão Lafões tinha falta de assistentes operacionais no acompanhamento dos enfermeiros ao apoio domiciliário, e agora, passados dois anos, diz o Partido Ecologista que “os enfermeiros continuam a denunciar deficientes condições de trabalho no Agrupamento dos Centros de Saúde Dão Lafões.

Esta e outras notícias para ouvir em desenvolvimento na Estação Diária – 96.8 FM ou em www.968.fm.