ACADÉMICO COM PROBLEMAS NA DEFESA PARA UM JOGO QUE PODERÁ VALER A PERMANÊNCIA - Edição Jornal
46703
post-template-default,single,single-post,postid-46703,single-format-standard,qode-quick-links-1.0,ajax_fade,page_not_loaded,,hide_top_bar_on_mobile_header,qode-theme-ver-11.0,qode-theme-bridge,wpb-js-composer js-comp-ver-6.0.3,vc_responsive

ACADÉMICO COM PROBLEMAS NA DEFESA PARA UM JOGO QUE PODERÁ VALER A PERMANÊNCIA

ACADÉMICO COM PROBLEMAS NA DEFESA PARA UM JOGO QUE PODERÁ VALER A PERMANÊNCIA

Na II Liga de futebol o Académico de Viseu joga no sábado o seu futuro nas competições profissionais de futebol, ao receber em Aveiro (18:00), em partida da 34.ª e última jornada do campeonato, o Sporting da Covilhã. Vencer é manutenção garantida, empate e até mesmo a derrota também poderão dar a permanência, mas aí já o viseenses ficarão dependentes do que possam fazer Cova da Piedade, FC Porto B, Varzim, Oliveirense e Vilafranquense, as outras cinco equipas ainda sem manutenção matematicamente garantida.

No Académico, o treinador Zé Gomes tem problemas para a escolha do 11, condicionado por várias lesões no setor mais recuado da equipa, com Pica, Fábio Santos e Diogo Santos todos a recuperarem de lesões e fora deste encontro que poderá ser decisivo.

De regresso ao 11 poderão estar João Vasco e Fernando Ferreira, depois de cumprirem um jogo de suspensão que os afastou da partida com a Oliveirense.

Esta e outras notícias para ouvir em desenvolvimento na Estação Diária – 96.8 FM ou em www.968.fm.