ASSEMBLEIA MUNICIPAL DE VISEU NÃO DEIXA CAIR REIVINDICAÇÃO DE UM CENTRO ONCOLÓGICO PARA O HOSPITAL DE SÃO TEOTÓNIO - Edição Jornal
43702
post-template-default,single,single-post,postid-43702,single-format-standard,qode-quick-links-1.0,ajax_fade,page_not_loaded,,hide_top_bar_on_mobile_header,qode-theme-ver-11.0,qode-theme-bridge,wpb-js-composer js-comp-ver-6.0.3,vc_responsive

ASSEMBLEIA MUNICIPAL DE VISEU NÃO DEIXA CAIR REIVINDICAÇÃO DE UM CENTRO ONCOLÓGICO PARA O HOSPITAL DE SÃO TEOTÓNIO

ASSEMBLEIA MUNICIPAL DE VISEU NÃO DEIXA CAIR REIVINDICAÇÃO DE UM CENTRO ONCOLÓGICO PARA O HOSPITAL DE SÃO TEOTÓNIO

A Assembleia Municipal de Viseu decidiu pedir ao Governo que, em 2021, promova as diligências necessárias para iniciar a construção da primeira fase do Centro Oncológico, a instalar no Centro Hospitalar Tondela-Viseu.

Na moção apresentada pelo deputado social-democrata Pedro Alves, e aprovada por unanimidade, pode ler-se que “desbloqueado o Fundo Europeu de Recuperação e o novo Orçamento Comunitário Plurianual, deve o Governo integrar o centro oncológico no Programa de Recuperação e Resiliência, a entregar em janeiro, em Bruxelas” considerando que “o investimento na área da saúde é uma das prioridades definidas e assumidas” na elaboração do plano.

Lembra ainda que um centro oncológico no Hospital de São Teotónio serviria “além do distrito de Viseu, também o da Guarda e parte do de Castelo Branco”.

Pedro Alves lembrou ainda que “o projeto de execução deste equipamento estará praticamente concluído” e que “existe um estudo da Entidade Reguladora da Saúde que atribui parecer favorável à instalação desta unidade em Viseu, para servir toda a região das Beiras”.

Rafael Amaro (PS) e Filomena Pires (PCP) justificaram o voto favorável com o facto de ser uma reivindicação que deve unir todas as bancadas, atendendo à sua importância para a região.

Esta e outras notícias para ouvir em desenvolvimento na Estação Diária – 96.8 FM ou em www.968.fm.