Autarcas do distrito querem esclarecimentos urgentes do Governo sobre a requalificação do IP3 - Edição Jornal
30617
post-template-default,single,single-post,postid-30617,single-format-standard,qode-quick-links-1.0,ajax_fade,page_not_loaded,,hide_top_bar_on_mobile_header,qode-theme-ver-11.0,qode-theme-bridge,wpb-js-composer js-comp-ver-6.0.3,vc_responsive

Autarcas do distrito querem esclarecimentos urgentes do Governo sobre a requalificação do IP3

Autarcas do distrito querem esclarecimentos urgentes do Governo sobre a requalificação do IP3

A Comunidade Intermunicipal (CIM) Viseu Dão Lafões quer que o Governo esclareça “quando é que o projeto do Itinerário Principal 3 (IP3) se vai concretizar” e já pediu uma audiência urgente ao responsável pela pasta das infraestruturas.

Segundo o presidente da CIM, Rogério Abrantes, este pedido de audiência surge depois de uma reunião com as Infraestruturas de Portugal, onde lhes foi comunicado pelo vice-presidente da empresa que a conclusão do projeto do IP3 “se vai realizar só no terceiro trimestre de 2021”.

Lembra o responsável pela CIM Viseu Dão Lafões que a informação “contraria que o anterior ministro das Infraestruturas, Pedro Marques, tinha dito”. A ser verdade esta nova posição da Infraestruturas de Portugal, diz Rogério Abrantes, as obras nunca se iniciarão antes de 2023.

Perante este cenário de dúvidas, os autarcas da região de Viseu que integram a CIM Viseu Dão Lafões querem ser esclarecidos, urgentemente, pelo Ministério das Infraestruturas.

Quanto ao anúncio do início das obras no IP3 no traçado entre Lagoa Azul, em Viseu e Penacova, em Coimbra, Rogério Abrantes diz que a informação que tem da empresa pública é que serão apenas obras de reparação no piso e que no projeto definitivo também esse troço poderá sofrer alterações no traçado.

Esta e outras notícias para ouvir em desenvolvimento na Estação Diária-96.8 FM ou em www.968.fm

*****