Cerca de 70 trabalhadores da Covercar em risco de despedimento - Edição Jornal
18936
post-template-default,single,single-post,postid-18936,single-format-standard,qode-quick-links-1.0,ajax_fade,page_not_loaded,,hide_top_bar_on_mobile_header,qode-theme-ver-11.0,qode-theme-bridge,wpb-js-composer js-comp-ver-6.0.3,vc_responsive

Cerca de 70 trabalhadores da Covercar em risco de despedimento

Cerca de 70 trabalhadores da Covercar em risco de despedimento

O Bloco de Esquerda de Viseu diz que cerca de 70 trabalhadores da Covercar, uma empresa de fabrico de componentes têxteis para automóveis, sediada em Canas de Senhorim, no concelho de Nelas, estão em risco de despedimento.

Os bloquistas dizem ter recebido denúncias que a empresa vai avançar com um programa de não renovação dos contratos a prazo, medida que poderá atingir 70 dos 100 trabalhadores da empresa.

A Covercar inaugurou o ano passado as novas instalações em Canas de Senhorim, com um incentivo de 500 mil euros para a melhoria das infraestruturas, com vista à criação de mais postos de trabalho mas, diz o Bloco de Esquerda, a empresa tem vindo a diminuir a produção e a deslocalizar serviço para as instalações que tem em Marrocos.

O BE já questionou o Ministério do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social, para saber quais as medidas que o governo vai tomar para proteger os trabalhadores.

Esta e outras notícias para ouvir em desenvolvimento na Estação Diária – 96.8 FM ou em www.968.fm.