Chumbada proposta do PS de revitalização do Rio Pavia - Edição Jornal
32987
post-template-default,single,single-post,postid-32987,single-format-standard,qode-quick-links-1.0,ajax_fade,page_not_loaded,,hide_top_bar_on_mobile_header,qode-theme-ver-11.0,qode-theme-bridge,wpb-js-composer js-comp-ver-6.0.3,vc_responsive

Chumbada proposta do PS de revitalização do Rio Pavia

Chumbada proposta do PS de revitalização do Rio Pavia

Foi chumbada a proposta apresentada pelos vereadores do PS na Câmara de Viseu para revitalização do Rio Pavia. A maioria social-democrata no executivo rejeitou a proposta dos socialistas justificando que era “um conjunto de banalidades e lugares comuns”.

Os vereadores do PS levaram a reunião de câmara um documento onde faziam um diagnóstico ao que consideram os problemas do Rio Pavia, ao nível do caudal, da qualidade da água e da sua envolvente urbana. Pela voz do vereador Baila Antunes, os socialistas defendem a revitalização do rio, em particular do troço que atravessa a cidade de Viseu, considerando que, atualmente, o Pavia é “um rio sem vida”.

O vereador reconhece que muitas das obras necessárias envolvem um “custo muito significativo” mas considera que são fundamentais “para  melhorar a qualidade da água do Rio Pavia”.

O presidente da autarquia viseense, Almeida Henriques, disse aos jornalistas no final dos trabalhos que os vereadores do PS apresentaram “um conjunto de banalidades e lugares comuns sobre o Rio Pavia”.

O autarca lembrou que a Câmara de Viseu vai candidatar a fundos comunitários um projeto para reaproveitar a água saída da Estação de Tratamento de Águas Residuais (ETAR) Viseu Sul, para utilização na  indústria, agricultura, prevenção de incêndios, regas de jardins, limpezas de ruas e que também será utilizada para reforço do caudal do Rio Pavia.

Esta e outras notícias para ouvir em desenvolvimento na Estação Diária – 96.8 FM ou em www.968.fm

*****

Tags:
, ,