COVID-19: CINFÃES, RESENDE E S. JOÃO PESQUEIRA NA LISTA DE 'CONCELHOS EM ALERTA' - Edição Jornal
48186
post-template-default,single,single-post,postid-48186,single-format-standard,qode-quick-links-1.0,ajax_fade,page_not_loaded,,hide_top_bar_on_mobile_header,qode-theme-ver-11.0,qode-theme-bridge,wpb-js-composer js-comp-ver-6.0.3,vc_responsive

COVID-19: CINFÃES, RESENDE E S. JOÃO PESQUEIRA NA LISTA DE ‘CONCELHOS EM ALERTA’

COVID-19: CINFÃES, RESENDE E S. JOÃO PESQUEIRA NA LISTA DE ‘CONCELHOS EM ALERTA’

Cinfães, Resende e São João da Pesqueira, todos no distrito de Viseu, passaram a integrar a lista de concelhos em ‘alerta’ de contágio à covid-19, confirmou o Governo no final da reunião do Conselho de Ministros, onde a taxa de incidência em Portugal voltou a a ser analisada.

Estes três concelhos apesentaram uma taxa de incidência superior a 240 casos por 100 mil habitantes, e têm pela frente uma semana para baixarem a taxa de incidência ou entrarão na ‘lista negra’ dos concelhos nos dois níveis de risco mais elevado, e assim sujeitos às medidas mais restritivas na prevenção à covid-19.

Quanto a Viseu, o concelho mantém-se como o único dos 24 do distrito sujeito às maiores restrições, no nível de Risco Muito Elevado.

Assim, continuam em vigor no concelho de Viseu:

  • Limitação da circulação na via pública a partir das 23h00.
  • Restaurantes podem funcionar até às 22h30. Às sextas-feiras a partir das 19h00 e aos sábados, domingos e feriados durante todo o dia, o acesso a restaurantes para serviço de refeições no interior está permitido apenas aos portadores de certificado digital ou teste negativo. A limitação do número do número de pessoas por mesa mantém-se: máximo de 4 pessoas por mesa no interior e de 6 pessoas por mesa na esplanada;
  • Exigência de certificado digital ou teste negativo para o acesso a estabelecimentos turísticos e de alojamento local;
  • Teletrabalho obrigatório quando as atividades o permitam;
  • Espetáculos culturais até às 22h30;
  • Casamentos e batizados com 25 % da lotação;
  • Comércio a retalho alimentar até às 21h00 durante a semana e até às 19h00 ao fim de semana e feriados;
  • Comércio a retalho não alimentar e prestação de serviços até às 21h00 durante a semana e até às 15h30 ao fim de semana e feriados;
  • Permissão de prática de modalidades desportivas de médio risco, sem público;
  • Permissão de prática de atividade física ao ar livre até seis pessoas e ginásios sem aulas de grupo;
  • Eventos em exterior com diminuição de lotação, a definir pela DGS;
  • Lojas de Cidadão com atendimento presencial por marcação.

Esta e outras notícias para ouvir em desenvolvimento na Estação Diária – 96.8 FM ou em www.968.fm.