COVID-19: GOVERNO APERTA RESTRIÇÕES NOS FERIADOS DE 1 E 8 DE DEZEMBRO - Edição Jornal
43291
post-template-default,single,single-post,postid-43291,single-format-standard,qode-quick-links-1.0,ajax_fade,page_not_loaded,,hide_top_bar_on_mobile_header,qode-theme-ver-11.0,qode-theme-bridge,wpb-js-composer js-comp-ver-6.0.3,vc_responsive

COVID-19: GOVERNO APERTA RESTRIÇÕES NOS FERIADOS DE 1 E 8 DE DEZEMBRO

COVID-19: GOVERNO APERTA RESTRIÇÕES NOS FERIADOS DE 1 E 8 DE DEZEMBRO

O Governo anunciou novo pacote de restrições na estratégia de combate à covid-19, numa altura em que o Estado de Emergência foi prolongado em Portugal e se aproximam os feriados de 1 e 8 de dezembro.

Para diferenciar as medidas nos concelhos com maior risco de contágio por Covid-19, o Governo estipulou quatro níveis. Até aqui, as medidas eram aplicadas a todos os municípios com mais de 240 casos por 100 mil habitantes registados nos 14 dias anteriores.

Dois novos níveis diferenciam os concelhos que têm mais de 480 casos por 100 mil habitantes, classificados como risco muito elevado, e os que têm mais de 960 casos por 100 mil habitantes, como risco extremamente elevado.

Para já, as medidas a aplicar nos dois níveis mais elevados serão as mesmas, com proibição de circulação na via pública e encerramento de estabelecimentos comerciais entre as 13h e as 5h aos sábados, domingos e feriados de 1 e 8 dez e nas vésperas de feriado, dias 30 nov e 7 dez, os estabelecimentos comerciais fecham a partir das 15h.

Para os restantes concelhos, em risco elevado ou moderado, mantém-se a proibição de circulação na via pública 23h-5h, teletrabalho obrigatório, sempre que possível, e a manutenção dos horários de encerramento que nos estabelecimentos comerciais são as 22h e para restaurantes e equipamentos culturais será pelas 22h30.

Quanto às novas medidas, a circulação entre concelhos vai ser proibida entre as 23:00 do dia 27 de novembro e as 05:00 de 02 de dezembro e as 23:00 de 04 de dezembro e as 05:00 de 09 de dezembro.

Passa a ser também obrigatório o uso de máscara nos locais de trabalho, exceto quando os postos de trabalho são isolados ou quando haja separação física entre diferentes postos.

O primeiro-ministro anunciou também que o Governo vai aumentar as ações de fiscalização ao cumprimento do teletrabalho e adiantou que se tem verificado “um grande incumprimento” em casos em que este tipo de trabalho é possível.

Foi ainda decidido pelo Governo que nos dias 30 de novembro e 7 de dezembro, vésperas de feriados nacionais, não haverá aulas e será concedida tolerância de ponto na Função Pública.

As exceções para este novo pacote de restrições serão as mesmas já aplicadas em situações semelhantes, como as deslocações para o trabalho, idas a farmácias, assistência a familiares e pouco mais.

Esta e outras notícias para ouvir em desenvolvimento na Estação Diária – 96.8 FM ou em www.968.fm.