COVID-19: HÁ MAIS CONCELHOS NO DISTRITO EM `RISCO EXTREMO´, E O DE VISEU PASSOU A `RISCO MUITO ELEVADO´ - Edição Jornal
43757
post-template-default,single,single-post,postid-43757,single-format-standard,qode-quick-links-1.0,ajax_fade,page_not_loaded,,hide_top_bar_on_mobile_header,qode-theme-ver-11.0,qode-theme-bridge,wpb-js-composer js-comp-ver-6.0.3,vc_responsive

COVID-19: HÁ MAIS CONCELHOS NO DISTRITO EM `RISCO EXTREMO´, E O DE VISEU PASSOU A `RISCO MUITO ELEVADO´

COVID-19: HÁ MAIS CONCELHOS NO DISTRITO EM `RISCO EXTREMO´, E O DE VISEU PASSOU A `RISCO MUITO ELEVADO´

Cento e nove concelhos de Portugal continental continuam nas listas de municípios de risco extremo ou muito elevado de contágio pelo novo coronavírus, menos seis do que no início do mês, mas a situação piorou no distrito de Viseu.

Segundo a lista de níveis de risco divulgada pelo Governo no final do Conselho de Ministros, existem agora 30 concelhos em `risco extremo´ de contágio, dos quais três são no distrito de Viseu: Armamar, Tabuaço e Mortágua.

Já no nível de `risco muito elevado´, o segundo mais grave, estão agora os concelhos de Viseu, Cinfães, Lamego, Nelas, Resende e Sernancelhe.

Os concelhos de Carregal do Sal, castro Daire, Moimenta da Beira, Penedono, Santa Comba Dão, São João da Pesqueira, São Pedro do Sul, Sátão, Tarouca, Tondela e Vouzela estão no nível de `risco elevado´ e no mais baixo, `risco moderado´ estão Mangualde, Oliveira de Frades, Penalva do Castelo e Vila Nova de Paiva.

Apesar desta atualização, as restrições aplicadas devido à pandemia de covid-19 em cada um dos concelhos, mesmo que tenham subido ou descido de nível, permanecem sem alteração até à entrada em vigor do novo estado de emergência, em 24 de dezembro.

Esta e outras notícias para ouvir em desenvolvimento na Estação Diária – 96.8 FM ou em www.968.fm.