COVID-19: NOVOS MÁXIMOS DE MORTES E DOENTES INTERNADOS EM APENAS 24 HORAS - Edição Jornal
44243
post-template-default,single,single-post,postid-44243,single-format-standard,qode-quick-links-1.0,ajax_fade,page_not_loaded,,hide_top_bar_on_mobile_header,qode-theme-ver-11.0,qode-theme-bridge,wpb-js-composer js-comp-ver-6.0.3,vc_responsive

COVID-19: NOVOS MÁXIMOS DE MORTES E DOENTES INTERNADOS EM APENAS 24 HORAS

COVID-19: NOVOS MÁXIMOS DE MORTES E DOENTES INTERNADOS EM APENAS 24 HORAS

Portugal ultrapassou esta terça-feira, 12 de janeiro, as 8 mil mortes com covid-19, com mais 155 óbitos registados nas últimas 24 horas, um novo máximo negativo, desde o início da pandemia em março passado.

O boletim diário da Direção-Geral de Saúde (DGS), aponta, também, para mais 7.259 novos casos.

O boletim da DGS aponta ainda para um novo máximo histórico no número de pessoas internadas nos hospitais portugueses, com covid-19, um total de 4.043, um aumento de 60 doentes.

Há 599 em unidades de cuidados intensivos (UCI), mais 32 do que na véspera.

Tanto o número total de internados como de internados em cuidados intensivos são os números mais elevados desde que a pandemia começou.

No distrito de Viseu, no final do dia de ontem, 11 de janeiro, registo de 3374 casos ativos entre as 12220 infeções por sars-cov-2 confirmadas desde o início da pandemia.

Há 209 óbitos associados à covid-19 e 8637 pessoas recuperadas.

Esta e outras notícias para ouvir em desenvolvimento na Estação Diária – 96.8 FM ou em www.968.fm.