COVID-19: QUATRO MORTES, 553 NOVOS CASOS E R(T) A DESCER - Edição Jornal
46105
post-template-default,single,single-post,postid-46105,single-format-standard,qode-quick-links-1.0,ajax_fade,page_not_loaded,,hide_top_bar_on_mobile_header,qode-theme-ver-11.0,qode-theme-bridge,wpb-js-composer js-comp-ver-6.0.3,vc_responsive

COVID-19: QUATRO MORTES, 553 NOVOS CASOS E R(T) A DESCER

COVID-19: QUATRO MORTES, 553 NOVOS CASOS E R(T) A DESCER

Portugal registou nas últimas 24 horas mais quatro mortes relacionadas com a covid-19, 553 novos casos de infeção com o novo coronavírus, e um aumento nos internamentos em enfermaria, mas há uma diminuição nos doentes em cuidados intensivos, segundo informação da Direção-Geral da Saúde (DGS).

Segundo o boletim divulgado pela DGS, estão internados 429 em enfermaria, mais seis do que na quinta-feira, e 101 nos cuidados intensivos, menos oito.

Os dados revelam que 596 pessoas foram dadas como recuperadas, fazendo subir para 787.607 o número total desde o início da pandemia em Portugal, em março de 2020.

Já o índice de transmissibilidade (Rt) do novo coronavírus em Portugal desceu hoje para 1,05 assim como a incidência de casos por 100.000 habitantes nos últimos 14 dias que se situa nos 71,6, segundo dados hoje divulgados.

Os números anteriores destes indicadores, divulgados na segunda-feira, apontavam para um Rt nacional de 1,06 e uma incidência de 72,4 casos por 100.000 habitantes.

Estes indicadores são os critérios definidos pelo Governo para a avaliação contínua do processo de desconfinamento iniciado em 15 de março.

Em 11 de março, na apresentação do plano de desconfinamento, o primeiro-ministro, António Costa, afirmou que as medidas da reabertura serão revistas sempre que Portugal ultrapassar os “120 novos casos por dia por 100 mil habitantes a 14 dias” ou sempre que o Rt – o número médio de casos secundários que resultam de um caso infetado pelo vírus – ultrapasse 1.

Esta e outras notícias para ouvir em desenvolvimento na Estação Diária – 96.8 FM ou em www.968.fm.