Enfermeiros do bloco operatório no Hospital de Viseu estão em greve - Edição Jornal
25232
post-template-default,single,single-post,postid-25232,single-format-standard,qode-quick-links-1.0,ajax_fade,page_not_loaded,,hide_top_bar_on_mobile_header,qode-theme-ver-11.0,qode-theme-bridge,wpb-js-composer js-comp-ver-6.0.3,vc_responsive

Enfermeiros do bloco operatório no Hospital de Viseu estão em greve

Enfermeiros do bloco operatório no Hospital de Viseu estão em greve

Os enfermeiros do Hospital de Viseu estão em greve ao serviço nos blocos operatórios.

Além do centro hospitalar Tondela-Viseu, há ainda greve em mais seis hospitais públicos no país e vai estender-se até final de Fevereiro.

A greve havia sido convocada pela Associação Sindical Portuguesa dos Enfermeiros (ASPE) e o Sindicato Democrático dos Enfermeiros de Portugal (Sindepor), entre 14 de janeiro e 28 de fevereiro, entretanto suspensa para abrir a porta a novas reuniões com o Ministério da Saúde, mas o impasse nas negociações levou as duas estruturas sindicais a avançar com a paralisação.

Sindicatos e Governo continuam sem acordo sobre temas como o descongelamento das progressões na carreira e o aumento do salário base dos enfermeiros.

Além de Viseu, a greve abrange ainda os centros hospitalares São João e Centro Hospitalar do Porto, Centro de Entre Douro e Vouga, Gaia/Espinho, Braga e Garcia de Orta.

Esta e outras notícias para ouvir em desenvolvimento na Estação Diária – 96.8 FM ou em www.968.fm

*****