Fotografia e Música este sábado no Centro Histórico em Viseu - Edição Jornal
36148
post-template-default,single,single-post,postid-36148,single-format-standard,qode-quick-links-1.0,ajax_fade,page_not_loaded,,hide_top_bar_on_mobile_header,qode-theme-ver-11.0,qode-theme-bridge,wpb-js-composer js-comp-ver-6.0.3,vc_responsive

Fotografia e Música este sábado no Centro Histórico em Viseu

Fotografia e Música este sábado no Centro Histórico em Viseu

Um sábado diferente, com música e fotografia, é o que promete o “Venha a Nós a Boa Morte” que promete animar o Centro Histórico de Viseu, a partir das 21h30.

É precisamente no número 18 da Rua Senhora da Boa Morte que vai estar patente a mostra de fotografia Physis, com trabalhos de Carina Martins, e onde decorrerá um concerto de música experimental pelo violinista natural da Suíça Tobias Preisig e o pianista alemão Jan Wagner, no que será a estreia desta dupla em Portugal. O dia termina com um set do DJ Afonso Macedo.

Carina Martins vive e trabalha em Lisboa. Licenciou-se em Tradução de Inglês-Alemão pela Universidade Católica e em 2016 concluiu o Curso Avançado de Fotografia no Ar.Co – Centro de Arte e Comunicação Visual. Trabalha principalmente com fotografia e vídeo, explorando as paisagens industriais, a natureza, os lugares perdidos.

Jan Wagner começou a tocar com 5 aos de idade, é pianista, produtor e engenheiro de som. Jan explora a simplicidade de expressão que maximize a verdade emocional de cada uma das suas composições. Fascina-o a música escondida sob a superfície; as sobreposições, as texturas e os sons criados pelo mecanismo do piano (cliques, rangidos), ficcionando atmosferas ambientais cheias de mistério.

Tobias Preisig, natural da Suíça, é violinista,  compositor e improvisador, e está baseado em Berlim. A sua música explora as intersecções entre o experimental, ambient, o grande leque da música electrónica, bem como a neo-contemporânea. Actua a solo e é também uma das metades dos projectos Egopusher (com Alessandro Giannelli) e Levitation (com Stefan Rusconi no órgão de igreja).

Afonso Macedo, DJ português, considerado uma figura crucial no panorama da música de dança há mais de duas décadas, “revela um saber, sensibilidade e sentido de direcção quase únicos, reveladores de uma visão ampla e profundamente conhecedora das lógicas e histórias da pista de dança e de outros espaços de prazer”, descrevem.

Esta e outras notícias para ouvir em desenvolvimento na Estação Diária – 96.8 FM ou em www.968.fm.