Hugo Lopes não chegou ao fim no Rali de Portugal - Edição Jornal
29824
post-template-default,single,single-post,postid-29824,single-format-standard,qode-quick-links-1.0,ajax_fade,page_not_loaded,,hide_top_bar_on_mobile_header,qode-theme-ver-11.0,qode-theme-bridge,wpb-js-composer js-comp-ver-6.0.3,vc_responsive

Hugo Lopes não chegou ao fim no Rali de Portugal

Hugo Lopes não chegou ao fim no Rali de Portugal

O piloto viseense Hugo Lopes foi obrigado a abandonar no Rali de Portugal, quando era segundo entre os “Duas Rodas Motrizes (2WD)”.

Na quarta prova pontuável para o Campeonato de Portugal de Ralis, em dupla com Nuno Ribeiro, Hugo Lopes resistiu à dureza de 11 das 13 classificativas que pontuavam para as contas do nacional de ralis. Um problema mecânico no Peugeot 208 R2, na segunda passagem pela classificativa de Vieira do Minho, obrigou à desistência, mas sem impedir que o piloto viseense somasse pontos importantes para as contas do campeonato 2WD, subindo ao segundo lugar no campeonato.

Numa verdadeira hecatombe de desistências, Hugo Lopes foi ainda 10º classificado na Peugeot Cup Ibérica.

O Campeonato de Portugal de Ralis regressa dias 22 e 23 deste mês, com o Rali de Castelo Branco.

Esta e outras notícias para ouvir em desenvolvimento na Estação Diária-96.8 FM ou em www.968.fm

*****