JOÃO BOTA REGRESSA COM O SINGLE “O QUE É QUE EU FIZ DE MAL?” - Edição Jornal
46236
post-template-default,single,single-post,postid-46236,single-format-standard,qode-quick-links-1.0,ajax_fade,page_not_loaded,,hide_top_bar_on_mobile_header,qode-theme-ver-11.0,qode-theme-bridge,wpb-js-composer js-comp-ver-6.0.3,vc_responsive

JOÃO BOTA REGRESSA COM O SINGLE “O QUE É QUE EU FIZ DE MAL?”

JOÃO BOTA REGRESSA COM O SINGLE “O QUE É QUE EU FIZ DE MAL?”

João Bota está de regresso à música com o single O que é que eu fiz de mal? já disponível!

João Bota, músico natural de Viseu, já esteve incluído no meio musical nacional, fruto também da sua participação no programa de TV, Operação Triunfo.

Conforme comunicado pela agência Beware: A que se deve este regresso? O músico explica-nos que a ausência “inicialmente foi algo propositado para me concentrar na minha carreira. Investi muito após a Operação Triunfo, quer financeiramente, quer mentalmente para que a minha carreira na música resultasse. Infelizmente, não correu tão bem como imaginava.  No entanto, sabia que era uma questão de tempo até voltar. Não sabia era quanto tempo. Acabou por ser mais do que o que queria mas aconteceu naturalmente”.

À pergunta se este novo single O que é que eu fiz de mal é auto biográfico, João Bota responde-nos que “esta música em questão é auto biográfica. Histórias antigas que vou guardando na memória. No entanto, acho que são histórias que se podem passar com qualquer pessoa. Nem todas as minhas músicas são auto biográficas, pode ser a história de alguém próximo ou uma versão dela. Gosto de escrever coisas com que as pessoas se possam relacionar. “É pá, já passei por algo parecido”.

Não se pense contudo, que este novo single é um ato isolado. Segundo João Bota “esta é, se tudo correr bem, a primeira de várias. O objetivo é lançar álbum completo até ao final do ano mas a pandemia não tem ajudado muito. Especialmente na questão do estúdio e do trabalho com o produtor. Vai demorar mais um pouco do que o que eu queria mas vai chegar. Até lá, mais músicas sairão no formato de single”.

Como a grande maioria dos músicos em Portugal, João Bota não faz da música o   seu ganha pão “não vivo da música, infelizmente. É a minha grande paixão mas não a única. Sou revenue manager de uma cadeia hoteleira (Discovery Hotel Management, aproveito para fazer publicidade) e acho que tanta a cultura como o turismo foram duas das áreas mais fustigadas pela pandemia. Não há espetáculos, não há viagens, não há estadias. Tenho a felicidade de ter um emprego estável que me permitiu dedicar algum tempo à minha paixão. É difícil conciliar, mas com boa vontade e responsabilidade, tudo se faz“, conta-nos.

O que é que eu fiz de mal? já está disponível em todas as plataformas digitais.

 

Esta e outras notícias para ouvir em desenvolvimento na Estação Diária – 96.8 FM ou em www.968.fm.