JORGE COELHO FALECEU VÍTIMA DE DOENÇA SÚBITA - Edição Jornal
45954
post-template-default,single,single-post,postid-45954,single-format-standard,qode-quick-links-1.0,ajax_fade,page_not_loaded,,hide_top_bar_on_mobile_header,qode-theme-ver-11.0,qode-theme-bridge,wpb-js-composer js-comp-ver-6.0.3,vc_responsive

JORGE COELHO FALECEU VÍTIMA DE DOENÇA SÚBITA

JORGE COELHO FALECEU VÍTIMA DE DOENÇA SÚBITA

Jorge Coelho, morreu aos 66 anos, vítima de doença súbita.

Nascido em 17 de julho de 1954, em Mangualde, distrito de Viseu, foi ministro de três pastas nos governos de António Guterres: ministro Adjunto; ministro da Administração Interna; ministro da Presidência e do Equipamento Social.

Jorge Coelho era atualmente empresário, com uma queijaria em Mangualde, mas continuou sempre a acompanhar a atividade política, como comentador de programas como a Quadratura do Círculo, na SIC Notícias e TSF, mas também como cidadão.

Jorge Coelho marcou a atividade política ao demitir-se do cargo de ministro do Equipamento do executivo de António Guterres após a queda da ponte de Entre-os-Rios em 04 de março de 2001, alegando que “a culpa não pode morrer solteira”.

Esta e outras notícias para ouvir em desenvolvimento na Estação Diária – 96.8 FM ou em www.968.fm.