'JUNTOS PELO ACADÉMICO' NÃO VAI A VOTOS E DEIXA ANTÓNIO ALBINO SEM ADVERSÁRIOS - Edição Jornal
47193
post-template-default,single,single-post,postid-47193,single-format-standard,qode-quick-links-1.0,ajax_fade,page_not_loaded,,hide_top_bar_on_mobile_header,qode-theme-ver-11.0,qode-theme-bridge,wpb-js-composer js-comp-ver-6.0.3,vc_responsive

‘JUNTOS PELO ACADÉMICO’ NÃO VAI A VOTOS E DEIXA ANTÓNIO ALBINO SEM ADVERSÁRIOS

‘JUNTOS PELO ACADÉMICO’ NÃO VAI A VOTOS E DEIXA ANTÓNIO ALBINO SEM ADVERSÁRIOS

António Albino não vai ter adversários nas eleições para a presidência do Académico de Viseu, marcadas para o próximo dia 29 deste mês de junho. Fonte do Movimento ‘Juntos Pelo Académico’ disse à Estação Diária que “não há condições para avançarem com uma lista aos órgãos sociais do clube”, depois de em 2019 terem apoiado Toni Carvalho, no que foram as eleições mais concorridas de sempre no clube, com 218 associados a exercerem o direito de voto, e 66% dos votos a reelegerem António Albino.

O prazo para entrega das candidaturas termina este sábado, pelas 17:00, e a única lista formalizada, para já, é a liderada pelo atual presidente do Académico de Viseu que assim se prepara, salvo alguma surpresa de última hora, para mais dois anos ao leme do clube, onde está desde 2007.

O Académico de Viseu Futebol Clube é detentor de 49% da SAD, da qual António Albino é acionista maioritário.

Esta e outras notícias para ouvir em desenvolvimento na Estação Diária – 96.8 FM ou em www.968.fm.