LAMEGO: AUTARCA PEDE AO GOVERNO MELHORES VIAS DE COMUNICAÇÃO PARA A REGIÃO - Edição Jornal
42416
post-template-default,single,single-post,postid-42416,single-format-standard,qode-quick-links-1.0,ajax_fade,page_not_loaded,,hide_top_bar_on_mobile_header,qode-theme-ver-11.0,qode-theme-bridge,wpb-js-composer js-comp-ver-6.0.3,vc_responsive

LAMEGO: AUTARCA PEDE AO GOVERNO MELHORES VIAS DE COMUNICAÇÃO PARA A REGIÃO

LAMEGO: AUTARCA PEDE AO GOVERNO MELHORES VIAS DE COMUNICAÇÃO PARA A REGIÃO

O presidente da Câmara de Lamego, Ângelo Moura, pediu ao Governo apoios para melhores vias de comunicação, que classificou de “fundamentais” para o desenvolvimento da região.

O pedido foi feito durante a intervenção do autarca na cerimónia de inauguração do Centro Local de Apoio à Integração dos Migrantes (CLAIM) no Instituto de Tecnologia e Gestão de Lamego do Instituto Politécnico de Viseu, que contou com a presença da ministra do Estado e da Presidência, Mariana Vieira da Silva.

Ângelo Moura defendeu que só melhores vias de comunicação, entre estradas, ferrovia e mesmo por via marítima, aproveitando a navegabilidade do Rio Douro, permitirão “dinamizar a atividade económica” na região.

O autarca de Lamego lembra que, apesar das regras comunitárias que é preciso respeitar, e cumprir, os municípios necessitam da ajuda do Governo para “definir objetivos e fazer intervenções para a melhoria da qualidade de vida nossas populações” e considera que as vias de comunicação são essenciais para o desenvolvimento das regiões mais interiores do país, e para ajudar a fixar populações a evitar o êxodo para as regiões mais litorais de Portugal.

Esta e outras notícias para ouvir em desenvolvimento na Estação Diária – 96.8 FM ou em www.968.fm.