MINISTRA DA COESÃO GARANTE QUE A SUPRESSÃO DE HORÁRIOS INTERCIDADES NA LINHA DA BEIRA ALTA É "TEMPORÁRIA" - Edição Jornal
38810
post-template-default,single,single-post,postid-38810,single-format-standard,bridge-core-1.0.5,qode-quick-links-1.0,ajax_fade,page_not_loaded,,hide_top_bar_on_mobile_header,qode-theme-ver-11.0,qode-theme-bridge,wpb-js-composer js-comp-ver-6.0.3,vc_responsive

MINISTRA DA COESÃO GARANTE QUE A SUPRESSÃO DE HORÁRIOS INTERCIDADES NA LINHA DA BEIRA ALTA É “TEMPORÁRIA”

MINISTRA DA COESÃO GARANTE QUE A SUPRESSÃO DE HORÁRIOS INTERCIDADES NA LINHA DA BEIRA ALTA É “TEMPORÁRIA”

A CP suprimiu, desde o início da semana, três viagens do comboio Intercidades na Linha da Beira Alta, duas no sentido Lisboa-Guarda e uma terceira no sentido Guarda-Lisboa.

A empresa justificou a decisão com o “decréscimo na procura do serviço, devido à covid-19”, mas a situação motivou o protesto de vários autarcas da região, e também um protesto formal da CIM Viseu Dão Lafões que, em comunicado, criticou esta medida da CP, classificando-a como “mais um ataque ao interior e às suas gentes”, e acusou ainda a empresa por ter tomado uma decisão com impacto na vida das pessoas, sem uma “prévia auscultação aos municípios”.

A CIM Viseu Dão Lafões repudia a decisão da CP e exige “a reposição, imediata, dos horários suprimidos, mantendo em funcionamento a operação até aqui desenvolvida”.

Sobre esta situação, a ministra da Coesão Territorial, Ana Abrunhosa, disse em Viseu que a Linha de Beira Alta vai voltar a funcionar em pleno “muito em breve” e que esta decisão da CP é temporária, justificada com a necessidade de readaptar a oferta às necessidades, face à pandemia da covid-19.

Esta e outras notícias para ouvir em desenvolvimento na Estação Diária – 96.8 FM ou em www.968.fm.