Ministra da Saúde diz que se o serviço de radioterapia para o Hospital de Viseu está na “estaca zero” a culpa não é do Governo - Edição Jornal
26772
post-template-default,single,single-post,postid-26772,single-format-standard,qode-quick-links-1.0,ajax_fade,page_not_loaded,,hide_top_bar_on_mobile_header,qode-theme-ver-11.0,qode-theme-bridge,wpb-js-composer js-comp-ver-6.0.3,vc_responsive

Ministra da Saúde diz que se o serviço de radioterapia para o Hospital de Viseu está na “estaca zero” a culpa não é do Governo

Ministra da Saúde diz que se o serviço de radioterapia para o Hospital de Viseu está na “estaca zero” a culpa não é do Governo

A Ministra da Saúde diz que se o serviço de radioterapia no Centro Hospitalar Tondela-Viseu ainda não avançou, a culpa é apenas da administração do hospital.

Foi a resposta de Marta Temido durante uma reunião que manteve com uma delegação da Comunidade Intermunicipal Viseu Dão Lafões.

O autarca de Carregal do Sal, e presidente da CIM, Rogério Abrantes, adiantou que a ministra informou durante a reunião em Lisboa, que a atual administração do hospital de Viseu não aceitou o projeto que existia, elaborado pela anterior administração, e terá ficado de apresentar um novo modelo, o que, segundo Marta Temido, “até à data não aconteceu”.

Rogério Abrantes adianta, no entanto, que os autarcas receberam da ministra a garantia que a instalação do serviço será sempre feita no Hospital de Viseu.

O projeto da anterior administração, e que teve o aval do governo, estava avaliado em seis milhões de euros e era para ser desenvolvido em colaboração com o Instituto Português de Oncologia de Coimbra.

Na reunião no Ministério da Saúde, os autarcas em representação da CIM Viseu Dão Lafões, ouviram ainda de Marta Temido a justificação pelo atraso nas obras de requalificação das urgências do Hospital de São Teotónio, em Viseu, e que, segundo a ministra, estão avaliadas em 4,4 milhões de euros mas esperam autorização do Ministério das Finanças para a comparticipação estatal da obra.

Esta e outras notícias para ouvir em desenvolvimento na Estação Diária – 96.8 FM ou em www.968.fm

*****