MOIMENTA DA BEIRA: “PASSAPORTE DO DOURO” PROMOVE LOCAIS DE INTERESSE TURÍSTICO DO CONCELHO - Edição Jornal
48341
post-template-default,single,single-post,postid-48341,single-format-standard,qode-quick-links-1.0,ajax_fade,page_not_loaded,,hide_top_bar_on_mobile_header,qode-theme-ver-11.0,qode-theme-bridge,wpb-js-composer js-comp-ver-6.0.3,vc_responsive

MOIMENTA DA BEIRA: “PASSAPORTE DO DOURO” PROMOVE LOCAIS DE INTERESSE TURÍSTICO DO CONCELHO

MOIMENTA DA BEIRA: “PASSAPORTE DO DOURO” PROMOVE LOCAIS DE INTERESSE TURÍSTICO DO CONCELHO

Passaporte do Douro, é como se chama um projeto criado pela CIMDOURO que permite aos visitantes conhecer melhor a área geográfica de mais de quatro mil quilómetros quadrados dos 19 municípios que a constituem. São 76 pontos de interesse turístico para descobrir e quatro deles situam-se em Moimenta da Beira.

No concelho, o Passaporte dá a conhecer aos visitantes a Fundação Aquilino Ribeiro, as duas Torres Eólicas ‘pintadas’ por Joana Vasconcelos e Vhils, a Maçã e os Vinhos, dois produtos icónicos de Moimenta, e a Barragem do Vilar.

À passagem por cada um dos pontos de interesse carimbam o Passaporte e quando completar a sua “viagem” pelo território da CIMDOURO o turista receberá um certificado de excelência e uma oferta exclusiva do Instituto do Vinho do Douro e Porto.

Para auxiliar os visitantes, está disponível uma aplicação que contém vídeos promocionais dos pontos de interesse indicados por cada município.

A comunidade assume que o objetivo passa por estimular o turismo na região depois do longo período de quase estagnação provocado pela pandemia da Covid-19.

Esta e outras notícias para ouvir em desenvolvimento na Estação Diária – 96.8 FM ou em www.968.fm.