Moimenta da Beira vê aprovada candidatura de 190 mil euros para operações de defesa da floresta contra incêndios - Edição Jornal
25789
post-template-default,single,single-post,postid-25789,single-format-standard,qode-quick-links-1.0,ajax_fade,page_not_loaded,,hide_top_bar_on_mobile_header,qode-theme-ver-11.0,qode-theme-bridge,wpb-js-composer js-comp-ver-6.0.3,vc_responsive

Moimenta da Beira vê aprovada candidatura de 190 mil euros para operações de defesa da floresta contra incêndios

Moimenta da Beira vê aprovada candidatura de 190 mil euros para operações de defesa da floresta contra incêndios

O Ministério da Agricultura, através do Instituto de Financiamento de Agricultura e Pescas (IFAP), aprovou uma candidatura da Câmara Municipal de Moimenta da Beira, no valor de 191 mil euros, para trabalhos de proteção e reabilitação de povoamentos florestais no concelho. Tudo no âmbito da defesa da floresta contra incêndios e com vista a fomentar a melhor gestão destas manchas verdes, criando condições propícias para a redução (e eliminação) progressiva dos incêndios florestais, refere comunicado.

A concretização destes trabalhos não implica o esmorecimento, por parte das populações, da atenção que deve haver para os comportamentos cívicos e ativos que visam a prevenção da nossa floresta e a luta contra os incêndios florestais. Pelo contrário, eles devem servir para redobrar a atenção de todos, acrescenta o mesmo comunicado da Autarquia de Moimenta da Beira. “É por isso que aqui se apela a um reforço da atitude preventiva, consolidando os trabalhos de gestão de combustíveis que já são feitos há anos no nosso concelho”, sublinha José Eduardo Ferreira, presidente da Câmara Municipal de Moimenta da Beira, que em “aviso” já distribuído profusamente por todo o concelho, informa a população para os cuidados a ter sobre as queimadas e queimas.

Ainda no âmbito dos deveres e obrigações para a defesa da floresta contra incêndios, relembra-se também que o prazo para os trabalhos e operações de limpeza termina já no próximo dia 15 de março, data a partir da qual os municípios poderão substituir-se à ação dos privados incumpridores.

Esta e outras notícias para ouvir em desenvolvimento na Estação Diária – 96.8 FM ou em www.968.fm

*****