Oito pessoas morreram nas estradas do distrito de Viseu desde 1 de janeiro - Edição Jornal
27150
post-template-default,single,single-post,postid-27150,single-format-standard,qode-quick-links-1.0,ajax_fade,page_not_loaded,,hide_top_bar_on_mobile_header,qode-theme-ver-11.0,qode-theme-bridge,wpb-js-composer js-comp-ver-6.0.3,vc_responsive

Oito pessoas morreram nas estradas do distrito de Viseu desde 1 de janeiro

Oito pessoas morreram nas estradas do distrito de Viseu desde 1 de janeiro

O número de acidentes nas estradas portuguesas diminuiu nos primeiros três meses do ano, com um total de 31.173 desastres, mas houve mais vítimas mortais.

O último balanço da Autoridade Nacional de Segurança Rodoviária (ANSR), entre 01 de janeiro e 31 de março regista menos 788 acidentes do que em igual período do ano passado, mas mais quatro mortos. No primeiro trimestre deste ano, 116 pessoas perderam a vida nas estradas portuguesas.

O distrito com mais acidentes foi o de Lisboa (6.436), seguido do Porto (5.845), Setúbal (2.603), Braga (2.585) e Aveiro (2.556).

Quanto ao número de mortos, Braga foi o distrito com mais vítimas mortais (15), seguido de Porto e Santarém (11), Aveiro e Faro (10) e Leiria e Viseu (com oito).

Quanto aos feridos graves, no primeiro trimestre, foram registados 454, mais 62 do que em igual período de 2018.

Esta e outras notícias para ouvir em desenvolvimento na Estação Diária – 96.8 FM ou em www.968.fm

*****