Operação Éter: Melchior Moreira acusado de 38 crimes, José Agostinho por dois - Edição Jornal
34148
post-template-default,single,single-post,postid-34148,single-format-standard,qode-quick-links-1.0,ajax_fade,page_not_loaded,,hide_top_bar_on_mobile_header,qode-theme-ver-11.0,qode-theme-bridge,wpb-js-composer js-comp-ver-6.0.3,vc_responsive

Operação Éter: Melchior Moreira acusado de 38 crimes, José Agostinho por dois

Operação Éter: Melchior Moreira acusado de 38 crimes, José Agostinho por dois

O Departamento de Investigação e Ação Penal do Porto já emitiu o despacho de acusação relativo ao processo Ėter onde imputa um total de 150 crimes a 29 arguidos.

O mais visado é o ex-presidente do Turismo do Porto e Norte de Portugal (TPNP), Melchior Moreira, o lamecense que foi deputado do PSD eleito por Viseu, ex-vereador na Câmara de Lamego, e ex-presidente da Turismo Porto e Norte de Portugal é acusado de 38 crimes, entre os quais participação económica em negócio, por peculato, abuso de poder, corrupção passiva, falsificação de documentos e recebimento indevido de vantagem. Melchior Moreira foi o único arguido que ficou em prisão preventiva neste processo.

Já o empresário viseense José Agostinho, da Tomi World, vai em tribunal responder à acusação de dois crimes de recebimento indevido de vantagens. O empresário aguarda julgamento em liberdade depois de ter pago uma caução de 50 mil euros.

A linha de investigação do Ministério Público nesta Operação Éter incidiu sobre casos de procedimentos de contratação de pessoal e de aquisição de bens, a utilização de meios da Turismo Porto e Norte de Portugal para fins pessoais e o apoio prestado a clubes de futebol.

Estão ainda em causa o recebimento indevido de ajudas de custo e o recebimento de ofertas provenientes de operadores económicos.

Entre as empresas acusadas neste processo, há clubes como o Vitória de Guimarães, e o Sporting de Braga, que vão responder por falsificação de documentos, e também a empresa viseense Takemedia, acusada por dois crimes de recebimento indevido de vantagens.

Esta e outras notícias para ouvir em desenvolvimento na Estação Diária – 96.8 FM ou em www.968.fm.

*****