PAULO SOUSA É O NOVO SELECIONADOR DE FUTEBOL DA POLÓNIA - Edição Jornal
44457
post-template-default,single,single-post,postid-44457,single-format-standard,qode-quick-links-1.0,ajax_fade,page_not_loaded,,hide_top_bar_on_mobile_header,qode-theme-ver-11.0,qode-theme-bridge,wpb-js-composer js-comp-ver-6.0.3,vc_responsive

PAULO SOUSA É O NOVO SELECIONADOR DE FUTEBOL DA POLÓNIA

PAULO SOUSA É O NOVO SELECIONADOR DE FUTEBOL DA POLÓNIA

O treinador viseense Paulo Sousa é o novo selecionador da Polónia, substituindo Jerzy Brzeczek, cuja saída do comando técnico foi tornada pública na segunda-feira, anunciou hoje a Federação Polaca de Futebol (PZPN).

“Estou muito feliz e orgulhoso por me tornar selecionador de futebol da Polónia. A Polónia é um país de futebol. […] Juntos seremos capazes de lutar pelo próximo campeonato da Europa”, disse Paulo Sousa, durante a apresentação à imprensa.

Paulo Sousa vai orientar a seleção polaca no Euro2020, adiado para 2021 devido à pandemia de covid-19,integrada no grupo E, com Espanha, Suécia e Eslováquia.

“A equipa tem grande potencial. Tem jogadores de grande qualidade. Com uma mentalidade ganhadora, disciplina, organização e a atitude certa, juntos, comigo e o meu ‘staff’, apoiados por toda a nação, seremos fortes”, sustentou o treinador viseense, de 50 anos.

Na fase de apuramento para o campeonato do mundo de 2022, que se vai realizar no Qatar, a Polónia terá como adversários do grupo I a Inglaterra, Hungria, Albânia, Andorra e São Marino.

Acompanham o novo selecionador da Polónia os portugueses Manuel Cordeiro e Paulo Grilo, que foram adjuntos de Paulo Sousa durante o período em que orientou o Bordéus, e vão desempenhar as funções de treinador adjunto e treinador de guarda-redes, respetivamente.

Paulo Sousa, que iniciou a carreira nos escalões de formação da seleção portuguesa, vai comandar pela primeira vez uma seleção principal, depois de já ter treinado vários clubes , o último dos quais o Bordéus, de França, entre março de 2019 e agosto de 2020.

O ex-futebolista, que tem 50 internacionalizações por Portugal, treinou também Queens Park Rangers e Leicester, de Inglaterra, Swansea, do País de Gales, Videoton, da Hungria, Maccabi Telavive, de Israel, Basileia, da Suíça, Fiorentina, de Itália, e Tianjin Quanjian, da China.

Paulo Sousa sagrou-se campeão suíço na época 2014/15, pelo Basileia, campeão e vencedor da Taça de Israel em 2013/14, pelo Maccabi Telavive, tendo ainda conquistado a Taça da Liga (2011/12) e a Supertaça da Hungria (2011/12 e 2012/13), pelo Videoton.

Esta e outras notícias para ouvir em desenvolvimento na Estação Diária – 96.8 FM ou em www.968.fm.