PROTEÇÃO CIVIL ALERTA PARA RISCO DE INCÊNDIO COM A SUBIDA DA TEMPERATURA - Edição Jornal
48023
post-template-default,single,single-post,postid-48023,single-format-standard,qode-quick-links-1.0,ajax_fade,page_not_loaded,,hide_top_bar_on_mobile_header,qode-theme-ver-11.0,qode-theme-bridge,wpb-js-composer js-comp-ver-6.0.3,vc_responsive

PROTEÇÃO CIVIL ALERTA PARA RISCO DE INCÊNDIO COM A SUBIDA DA TEMPERATURA

PROTEÇÃO CIVIL ALERTA PARA RISCO DE INCÊNDIO COM A SUBIDA DA TEMPERATURA

A Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil (ANEPC) alertou hoje para o aumento gradual do risco de incêndios rurais, especialmente no norte e centro, até sábado, devido às previsões de tempo quente e seco.

O alerta faz parte de um aviso à população hoje divulgado, que se baseia na informação do Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA) segundo a qual se prevê para os próximos dois dias tempo quente e seco, com condições favoráveis ao aumento do risco de incêndios.

A subida gradual das temperaturas máximas, que podem ir aos 41 graus celsius no interior sul e vale do Tejo, as noites tropicais em grande parte do país, e o vento que pode ser moderado a forte de manhã e a partir do fim da tarde.

No aviso a ANEPC recorda que até ao fim de setembro é proibido fazer queimadas extensivas ou queima de amontoados sem autorização, usar fogareiros ou grelhadores em todo o espaço rural, e fumar ou fazer qualquer tipo de lume nos espaços florestais.

E alerta ainda que é proibido lançar balões de mecha acesa ou foguetes ou fazer trabalhos na floresta que possam originar faíscas, devendo evitar-se, por exemplo, o uso de grades de discos.

Devido ao calor o IPMA colocou quase todo o continente em aviso amarelo (o menos grave) de hoje e até às 18:00 de sábado.

Esta e outras notícias para ouvir em desenvolvimento na Estação Diária – 96.8 FM ou em www.968.fm.