PSP e GNR apertam vigilância ao uso de telemóvel durante a condução - Edição Jornal
28172
post-template-default,single,single-post,postid-28172,single-format-standard,qode-quick-links-1.0,ajax_fade,page_not_loaded,,hide_top_bar_on_mobile_header,qode-theme-ver-11.0,qode-theme-bridge,wpb-js-composer js-comp-ver-6.0.3,vc_responsive

PSP e GNR apertam vigilância ao uso de telemóvel durante a condução

PSP e GNR apertam vigilância ao uso de telemóvel durante a condução

PSP e GNR vão apertar a vigilância ao uso de telemóvel durante a condução.

 A GNR vai reforçar até dia 12 de maio a fiscalização ao uso dos telemóveis durante a condução nas estradas com maior índice de sinistralidade com a operação “Smartphone, Smartdrive”, enquanto a PSP promove a operação “Phone Off”.

O objetivo, avançam as duas forças da ordem, é “promover uma condução mais segura” por parte dos automobilistas.

Entre 01 de janeiro e 30 de abril, a GNR detetou cerca de nove mil condutores a usar o telemóvel durante a condução e em 2018 foram mais de 22 mil os automobilistas que cometeram este tipo de infração.

A GNR lembra que a Comissão Europeia, no Plano de Ação para a próxima década (2020-2030) destaca a chamada “condução distraída” como “um dos principais comportamentos de risco para a segurança rodoviária” tal como a velocidade excessiva, a não utilização do cinto de segurança e a condução sob efeito do álcool.

Esta e outras notícias para ouvir em desenvolvimento na Estação Diária-96.8 FM ou em www.968.fm

*****