Queima de matos e resíduos florestais fora da época crítica obriga comunicação prévia às autarquias - Edição Jornal
25275
post-template-default,single,single-post,postid-25275,single-format-standard,qode-quick-links-1.0,ajax_fade,page_not_loaded,,hide_top_bar_on_mobile_header,qode-theme-ver-11.0,qode-theme-bridge,wpb-js-composer js-comp-ver-6.0.3,vc_responsive

Queima de matos e resíduos florestais fora da época crítica obriga comunicação prévia às autarquias

Queima de matos e resíduos florestais fora da época crítica obriga comunicação prévia às autarquias

A queima de matos e resíduos florestais e agrícolas, fora da chamada época crítica de fogos, tem agora um novo enquadramento legal, e obriga a que haja uma comunicação prévia às autarquias.

É o que diz a lei 14 deste ano, publicada em 21 de Janeiro, elaborada a pensar na prevenção de fogos florestais, quando se sabe que muitos deles têm na origem queimadas que acabam por se descontrolar.

Todas as pessoas que queiram recorrer a este tipo de queimadas ficam agora obrigadas a fazer essa comunicação prévia às respetivas autarquias.

Esta e outras notícias para ouvir em desenvolvimento na Estação Diária – 96.8 FM ou em www.968.fm

*****

Tags: