Queimadas controladas em Castro Daire para diminuir risco de incêndios no verão - Edição Jornal
36045
post-template-default,single,single-post,postid-36045,single-format-standard,qode-quick-links-1.0,ajax_fade,page_not_loaded,,hide_top_bar_on_mobile_header,qode-theme-ver-11.0,qode-theme-bridge,wpb-js-composer js-comp-ver-6.0.3,vc_responsive

Queimadas controladas em Castro Daire para diminuir risco de incêndios no verão

Queimadas controladas em Castro Daire para diminuir risco de incêndios no verão

A Agência para a Gestão Integrada de Fogos Rurais está a promover queimadas controladas durante o inverno nos distritos de Viseu, Guarda e Vila Real com o objetivo de reduzir a área ardida e evitar grandes incêndios florestais no verão.

Estas queimadas inserem-se numa estratégia de prevenção dos incêndios, com a agência a apoiar os pastores na queima de áreas de mato devidamente identificadas nestes três distritos, considerados prioritários para estas ações preventivas.

É a primeira vez que a Agência para a Gestão Integrada de Fogos Rurais está a realizar este apoio a queimadas controladas, mas os responsáveis pelo projeto querem torna-lo cíclico, e alarga-lo a outras zonas do país.

Estas queimadas servem também para renovação de pastos e vão continuar até maio.

Segundo a agência, no distrito de Viseu, em concreto no concelho de Castro de Daire, já foram realizadas seis queimadas que abrangeram cerca de 140 hectares de pastagens, em áreas que foram previamente identificadas pelos pastores da região.

Esta e outras notícias para ouvir em desenvolvimento na Estação Diária – 96.8 FM ou em www.968.fm.