REGRESSO DO FUTEBOL COM REGRAS APERTADAS DE SEGURANÇA NOS ESTÁDIOS, SEM PÚBLICO E COM MENOS IMPRENSA - Edição Jornal
38126
post-template-default,single,single-post,postid-38126,single-format-standard,qode-quick-links-1.0,ajax_fade,page_not_loaded,,hide_top_bar_on_mobile_header,qode-theme-ver-11.0,qode-theme-bridge,wpb-js-composer js-comp-ver-6.0.3,vc_responsive

REGRESSO DO FUTEBOL COM REGRAS APERTADAS DE SEGURANÇA NOS ESTÁDIOS, SEM PÚBLICO E COM MENOS IMPRENSA

REGRESSO DO FUTEBOL COM REGRAS APERTADAS DE SEGURANÇA NOS ESTÁDIOS, SEM PÚBLICO E COM MENOS IMPRENSA

A Liga Portuguesa de Futebol quer que os clubes garantam a higienização nos estádios após a retoma das competições e que a Federação Portuguesa de Futebol se responsabilize pelos testes à covid-19 nas equipas de arbitragem.

As equipas de arbitragem devem verificar o relvado com o delegado da Liga, mantendo a distância social obrigatória e devem promover o alinhamento das equipas antes do jogo “sem o habitual cumprimento”.

Já o observador ao árbitro deverá reunir com a equipa de arbitragem, se necessário através de videoconferência, e o acesso à zona técnica apenas poderá acontecer se a “FPF garantir que os observadores estão testados negativos”.

Os delegados da Liga devem chegar ao estádio três horas antes da partida, com a responsabilidade de verificarem que todas as condições de segurança estarão garantidas.

Durante os jogos, as tribunas presidenciais deverão ter um número máximo de cinco elementos, “com distanciamento social e uso de equipamento de proteção, nomeadamente máscaras, luvas e desinfetantes”.

Também os apanha-bolas devem estar munidos de máscara e manter uma distância mínima entre si, devendo desinfetar as mãos antes, ao intervalo e no final do jogo. As bolas que saem do estádio apenas podem ser utilizadas depois de desinfetadas.

Quanto às regras para a comunicação social, o esboço da Liga prevê o máximo de 20 fotojornalistas no relvado, cinco em cada canto do terreno de jogo.

Já as tribunas de imprensa serão reduzidas para um terço da lotação atual, com o acesso dos jornalistas à zona de imprensa a ser feito por um acesso independente do percurso dos agentes desportivos e nunca pela zona técnica.

Esta e outras notícias para ouvir em desenvolvimento na Estação Diária – 96.8 FM ou em www.968.fm.