Santa Comba Dão vai ter Centro Interpretativo e Museu do Estado Novo já em 2019 - Edição Jornal
23948
post-template-default,single,single-post,postid-23948,single-format-standard,qode-quick-links-1.0,ajax_fade,page_not_loaded,,hide_top_bar_on_mobile_header,qode-theme-ver-11.0,qode-theme-bridge,wpb-js-composer js-comp-ver-6.0.3,vc_responsive

Santa Comba Dão vai ter Centro Interpretativo e Museu do Estado Novo já em 2019

Santa Comba Dão vai ter Centro Interpretativo e Museu do Estado Novo já em 2019

O Município de Santa Comba Dão vai avançar com a criação do Centro Interpretativo e o Museu do Estado Novo. Os projetos estão em andamento e são para concluir já nos primeiros meses de 2019.

O autarca Leonel Gouveia garante que o Município “tem já garantido o apoio para o projeto” e decorre o procedimento para as obras de requalificação do edifício, e também para a primeira parte da sua musealização. A estimativa, adianta, é que “no final do primeiro trimestre de 2019 possa estar inaugurada a primeira fase de requalificação e em funcionamento o Centro Interpretativo do Estado Novo”.

Declarações do autarca após a apresentação do livro “A queda de Salazar” de José Pedro Castanheira, Natal Vaz e António Caeiro, que decorreu em Santa Comba Dão.

O Centro Interpretativo do Estado Novo vai funcionar na Escola Cantina Salazar, edifício vizinho da casa onde António de Oliveira Salazar viveu.

O passo seguinte é o Museu do Estado Novo, complementar ao centro interpretativo, e que vai mostrar episódios da vida de Salazar e da história do Estado Novo.

Esta e outras notícias para ouvir em desenvolvimento na Estação Diária – 96.8 FM ou em www.968.fm