Situação financeira do Município de Viseu é "solida e robusta" - Edição Jornal
19053
post-template-default,single,single-post,postid-19053,single-format-standard,qode-quick-links-1.0,ajax_fade,page_not_loaded,,hide_top_bar_on_mobile_header,qode-theme-ver-11.0,qode-theme-bridge,wpb-js-composer js-comp-ver-6.0.3,vc_responsive

Situação financeira do Município de Viseu é “solida e robusta”

Situação financeira do Município de Viseu é “solida e robusta”

A Câmara de Viseu aprovou as contas relativas de 2017, fechadas com um saldo superior a 28,8 milhões de euros. Almeida Henriques, autarca de Viseu, classificou a situação financeira do município como “sólida e robusta”, adiantando que quer o município, quer os SMAS – Serviços Municipalizados de Água e Saneamento, apresentam boas contas.

O presidente da câmara de Viseu diz que a situação financeira foi melhorada em 2017 com o ativo líquido do município a crescer 14 milhões de euros, para um total de 276,3 milhões de euros.

Almeida Henriques disse que “o município não só não se endividou, como reduziu” o endividamento, agora nos 60,8 milhões de euros, frisando que o resultado líquido de 2017 apresenta um saldo positivo de 1,9 milhões de euros.

As contas da Câmara e dos SMAS foram aprovadas por maioria, com duas abstenções dos vereadores do PS, justificadas por considerarem não ter tido “praticamente qualquer intervenção” no exercício de 2017, lembrando que apenas tomaram posse em outubro.

Esta e outras notícias para ouvir em desenvolvimento na Estação Diária – 96.8 FM ou em www.968.fm.