Teatro Viriato tem mais de 40 propostas em agenda para o primeiro semestre de 2020 - Edição Jornal
35501
post-template-default,single,single-post,postid-35501,single-format-standard,qode-quick-links-1.0,ajax_fade,page_not_loaded,,hide_top_bar_on_mobile_header,qode-theme-ver-11.0,qode-theme-bridge,wpb-js-composer js-comp-ver-6.0.3,vc_responsive

Teatro Viriato tem mais de 40 propostas em agenda para o primeiro semestre de 2020

Teatro Viriato tem mais de 40 propostas em agenda para o primeiro semestre de 2020

O Teatro Viriato, em Viseu, apresentou a programação para o primeiro semestre de 2020, que tem mais de 40 propostas, “para todos os públicos”, destacam os responsáveis pelo espaço cultural.

O processo de criação e a dança inclusiva são apostas na programação, num projeto especialmente virado para as crianças e os jovens, “contribuindo para a sua formação como cidadãos” destacou a diretora do teatro Viriato, Paula Garcia, na sessão de apresentação da programação. Está assim prevista a participação dos mais novos em mais uma edição do Pedra – Projeto Educativo em Dança de Repertório para Adolescentes, desta vez sobre o trabalho da coreógrafa Vera Mantero e que arranca em abril, mês em que será também apresentado o resultado da oitava edição do K Cena – Projeto Lusófono de Teatro Jovem, que trás a Viseu a encenadora brasileira Chica Carelli, do Teatro de Vila Velha, de Salvador da Bahia.

Está ainda previsto envolver a participação dos jovens na oficina de novo circo “A minha voz não é circular”, com Hugo Oliveira e Sage Cushman, e na residência artística do projeto “Gabo”.

A dança inclusiva, outras das apostas do semestre, arranca já esta sexta-feira com a quarta edição do Encludança – Encontro Internacional de Arte e Acessibilidade.

Esta e outras notícias para ouvir em desenvolvimento na Estação Diária – 96.8 FM ou em www.968.fm