TREINADOR DO TONDELA QUER EQUIPA "EMOCIONALMENTE EQUILIBRADA" PARA O JOGO COM O BELENENSES SAD - Edição Jornal
39380
post-template-default,single,single-post,postid-39380,single-format-standard,qode-quick-links-1.0,ajax_fade,page_not_loaded,,hide_top_bar_on_mobile_header,qode-theme-ver-11.0,qode-theme-bridge,wpb-js-composer js-comp-ver-6.0.3,vc_responsive

TREINADOR DO TONDELA QUER EQUIPA “EMOCIONALMENTE EQUILIBRADA” PARA O JOGO COM O BELENENSES SAD

TREINADOR DO TONDELA QUER EQUIPA “EMOCIONALMENTE EQUILIBRADA” PARA O JOGO COM O BELENENSES SAD

O treinador do Tondela, Natxo González, considera que “o fator emocional” pode ser “decisivo” no jogo frente ao Belenenses SAD, da 29.ª jornada da I Liga portuguesa de futebol.

“É mais decisivo o aspeto emocional. Tudo é importante, mas na hora da verdade, é muito importante gerir bem as emoções para tomar boas decisões. Passa-se o mesmo na vida, quando tens dificuldades é bom que tenhas um controlo emocional, ou não, para tomar uma ou outra boa decisão e no jogo é a mesma coisa. É muito decisivo o fator emocional”, defendeu Natxo González.

Em videoconferência de antevisão ao jogo da 29.ª jornada, que se disputa na quarta-feira, pelas 19 horas, na Cidade do Futebol, em Oeiras, o técnico espanhol disse que, comparando o Tondela do reinício da temporada com o que jogou frente ao Paços de Ferreira, com quem perdeu na última jornada (3-1), é preciso “corrigir a cabeça”.

Natxo González não escondeu a importância do jogo desta quarta-feira, frente ao Belenenses SAD, até porque, “é um rival que também está a jogar para pontos importantes” na luta pela manutenção, com as duas equipas longe de estarem tranquilas, e separadas por apenas um ponto, com vantagem para a equipa comandada por Petit.

Depois de noticiada a saída do defesa central Phillipe Sampaio, que já assinou contrato com os franceses do Guingamp, o técnico dos beirões admitiu que o facto de já decorrerem negociações com jogadores e clubes é uma “situação que inquieta”, mas também lembrou que “é um final de campeonato atípico” e os seus “jogadores são bons profissionais”, com “boa dedicação”.

Questionado sobre o seu futuro em Tondela, Natxo González desvalorizou a o tema, e lembrou que tem contrato com o clube para mais uma época.

“Ficarei em Tondela se o Tondela me quiser. Se não irei para o meu país”, afirmou o técnico espanhol.

Esta e outras notícias para ouvir em desenvolvimento na Estação Diária  96.8 FM ou em www.968.fm.