Mais de um terço de Portugal está em Seca Severa - Edição Jornal
27115
post-template-default,single,single-post,postid-27115,single-format-standard,qode-quick-links-1.0,ajax_fade,page_not_loaded,,hide_top_bar_on_mobile_header,qode-theme-ver-11.0,qode-theme-bridge,wpb-js-composer js-comp-ver-6.0.3,vc_responsive

Mais de um terço de Portugal está em Seca Severa

Mais de um terço de Portugal está em Seca Severa

Portugal está em seca meteorológica, com o aumento em março das zonas consideradas em seca severa e extrema, situação provocada pela baixa precipitação nos últimos meses.

O Instituto Português do Mar e da Atmosfera aponta para valores de 37,5% do território em seca severa, quando em fevereiro era 4,8%.

Já segundo os dados da Agência Portuguesa do Ambiente, 14 das 60 albufeiras que são monitorizadas em Portugal estavam no final de março a cerca de 80% da sua capacidade máxima de armazenamento de água, enquanto 10 apresentavam valores inferiores a 40%, casos das de Vilar-Tabuaço, no Douro, Vale do Rossim e Lagoacho, no Mondego, Divor, no Tejo, Monte da Rocha, Campilhas, Fonte Serne e Roxo, no Rio Sado, e Vigia e Caia, no Guadiana.

O armazenamento de água em março deste ano, e por bacia hidrográfica, onde pode haver mais do que uma barragem, apresentava números inferiores às médias de armazenamento dos últimos 20 anos.

A Agência Portuguesa do Ambiente adianta que, comparando com março de 2018, as disponibilidades este ano são inferiores, mas lembra que no ano passado choveu bem mais que este ano.

Esta e outras notícias para ouvir em desenvolvimento na Estação Diária – 96.8 FM ou em www.968.fm

*****