Vales Pastor + para produtores de leite da Serra da região da CIM Viseu Dão Lafões - Edição Jornal
36048
post-template-default,single,single-post,postid-36048,single-format-standard,qode-quick-links-1.0,ajax_fade,page_not_loaded,,hide_top_bar_on_mobile_header,qode-theme-ver-11.0,qode-theme-bridge,wpb-js-composer js-comp-ver-6.0.3,vc_responsive

Vales Pastor + para produtores de leite da Serra da região da CIM Viseu Dão Lafões

Vales Pastor + para produtores de leite da Serra da região da CIM Viseu Dão Lafões

Há 196 produtores de leite na região Serra da Estrela que vão receber os 2500 euros do “Vale Pastor +”, atribuído a produtores que apresentem leite de qualidade para a produção de queijo DOP (Denominação de Origem Protegida).

O “Vale Pastor +” enquadra-se no projeto “Programa de Valorização da Fileira do Queijo da Região Centro”, que fomenta a valorização económica dos queijos DOP.

São 2500 euros para cada produtor de leite que cumpra com os critérios definidos para a produção de Queijo DOP e que apresentem o leite de melhor qualidade.

O processo de avaliação foi feito pelas quatro comunidades intermunicipais com responsabilidade administrativa no território que abrange a região demarcada da Serra da Estrela, entre as quais a CIM Viseu Dão Lafões, mas o projeto abrange um total de 14 entidades da região Centro, e além das quais quatro comunidades intermunicipais – Beira Baixa, Beiras e Serra da Estrela, Região de Coimbra e Viseu Dão Lafões – envolve ainda cinco associações do setor, os politécnicos de Castelo Branco e Viseu e o Centro de Biotecnologia de Plantas da Beira Interior.

Este programa tem um investimento global de 2,3 milhões de euros.

A região demarcada de produção do queijo Serra da Estrela abrange 18 municípios dos distrito da Guarda, Coimbra e Viseu, entre os quais Carregal do Sal, Mangualde, Nelas, Penalva do Castelo, Tondela e Viseu.

Esta e outras notícias para ouvir em desenvolvimento na Estação Diária – 96.8 FM ou em www.968.fm.