VISEU: ASSEMBLEIA MUNICIPAL VOLTA A REIVINDICAR INVESTIMENTOS NA ÁREA DA SAÚDE - Edição Jornal
46373
post-template-default,single,single-post,postid-46373,single-format-standard,qode-quick-links-1.0,ajax_fade,page_not_loaded,,hide_top_bar_on_mobile_header,qode-theme-ver-11.0,qode-theme-bridge,wpb-js-composer js-comp-ver-6.0.3,vc_responsive

VISEU: ASSEMBLEIA MUNICIPAL VOLTA A REIVINDICAR INVESTIMENTOS NA ÁREA DA SAÚDE

VISEU: ASSEMBLEIA MUNICIPAL VOLTA A REIVINDICAR INVESTIMENTOS NA ÁREA DA SAÚDE

A Assembleia Municipal de Viseu aprovou por unanimidade uma moção, apresentada pelo PSD, a exigir ao Governo obras na área da saúde, quer no Centro Hospitalar Tondela Viseu, quer nas unidades de saúde familiar, reivindicando ainda uma unidade de cuidados paliativos para o concelho.

Na moção aprovada, pode ler-se que o Governo deve “ampliar a capacidade de resposta da unidade de cuidados intensivos do Centro Hospitalar Tondela Viseu (CHTV), aumentando o número de camas e melhorando a sua capacitação”.

É ainda pedida a construção de “novas instalações para melhorar a capacidade de resposta dos cuidados primários do edifício do MAS e aumentar a proximidade descentralizando a sua localização e, simultaneamente, requalificar edifícios existentes que mantenham resposta de cuidados primários de saúde”.

A moção defende ainda a necessidade de “instalar uma unidade de cuidados paliativos no concelho de Viseu, em articulação com as IPSS” (instituições particulares de solidariedade social), lembrando os deputados municipais que “não existe nenhuma do género em Viseu e a mais próxima serve um milhão de habitantes”.

Esta e outras notícias para ouvir em desenvolvimento na Estação Diária – 96.8 FM ou em www.968.fm.