Viseu, Castro Daire e Lamego integram Federação Portuguesa do Caminho de Santiago - Edição Jornal
29016
post-template-default,single,single-post,postid-29016,single-format-standard,qode-quick-links-1.0,ajax_fade,page_not_loaded,,hide_top_bar_on_mobile_header,qode-theme-ver-11.0,qode-theme-bridge,wpb-js-composer js-comp-ver-6.0.3,vc_responsive

Viseu, Castro Daire e Lamego integram Federação Portuguesa do Caminho de Santiago

Viseu, Castro Daire e Lamego integram Federação Portuguesa do Caminho de Santiago

Está oficialmente constituída a Federação Portuguesa do Caminho de Santiago responsável por implementar uma estratégia nacional para a melhoria, divulgação e promoção destas vias de peregrinação.

A criação desta federação foi coordenada pela Câmara de Vila Pouca de Aguiar, representante nacional da Federação Europeia dos Caminhos de Santiago, onde a federação fica sediada, mas envolvendo outro municípios atravessadas pelo Caminho de Santiago, entre os quais vários do distrito de Viseu.

Durante a cerimónia de formalização a federação, foi lembrada a importância turística dos caminhos de Santiago, que atraem milhares pessoas em peregrinação até Santiago de Compostela.

Está já aprovada uma candidatura que vai permitir investir cerca de 90 mil euros na promoção dos caminhos de Santiago.

A federação agrega cerca de 60 entidades, entre municípios e associações de peregrinos, e tem como objetivo a promoção, divulgação, organização e gestão dos caminhos de Santiago em território nacional.

Atualmente existem três percursos principais: o Caminho da Costa, o Caminho Interior, que liga Viseu a Chaves, e o Caminho Central Português.

O Caminho Português Interior de Santiago inclui, de sul para norte, os concelhos de Viseu, Castro Daire, Lamego, Peso da Régua, Santa Marta de Penaguião, Vila Real, Vila Pouca de Aguiar e Chaves.

Esta e outras notícias para ouvir em desenvolvimento na Estação Diária-96.8 FM ou em www.968.fm

*****