VISEU: FUNDAÇÃO GULBENKIAN APOIA “HORTA DE DEMÉTER”, PROJETO DE INCLUSÃO SOCIAL - Edição Jornal
42818
post-template-default,single,single-post,postid-42818,single-format-standard,qode-quick-links-1.0,ajax_fade,page_not_loaded,,hide_top_bar_on_mobile_header,qode-theme-ver-11.0,qode-theme-bridge,wpb-js-composer js-comp-ver-6.0.3,vc_responsive

VISEU: FUNDAÇÃO GULBENKIAN APOIA “HORTA DE DEMÉTER”, PROJETO DE INCLUSÃO SOCIAL

VISEU: FUNDAÇÃO GULBENKIAN APOIA “HORTA DE DEMÉTER”, PROJETO DE INCLUSÃO SOCIAL

A 1.ª edição da iniciativa PARTIS & Art for a Change, da Fundação Calouste Gulbenkian e da fundação espanhola “la Caixa”, vai apoiar 16 projetos artísticos para a inclusão social em Portugal, com 1,5 milhões de euros, entre os quais o projeto “Horta de Deméter”, que será dinamizado em Viseu pelo encenador Graeme Pulleyn e pela associação cultural Nicho.

Os 16 projetos escolhidos para esta 1.ª edição da PARTIS & Art for a Change arrancam em janeiro de 2021, e têm entre dois e três anos de duração.

Quanto à “Horta de Deméter”, é um projeto para a inclusão social que pretende juntar crianças e jovens com idades entre os 9 e os 18 anos, do Lar Escola Santo António, do Agrupamento de Escolas Grão Vasco e da Escola Secundária de Viriato.

Durante três anos, vão trabalhar com uma equipa de artistas e horticultores profissionais cruzando as artes da terra com as artes performativas e visuais, num espaço cedido pela autarquia de Viseu na Quinta da Cruz, em São Salvador.

Esta e outras notícias para ouvir em desenvolvimento na Estação Diária – 96.8 FM ou em www.968.fm.