Viseu integra consórcio europeu em projeto de mobilidade - Edição Jornal
30022
post-template-default,single,single-post,postid-30022,single-format-standard,qode-quick-links-1.0,ajax_fade,page_not_loaded,,hide_top_bar_on_mobile_header,qode-theme-ver-11.0,qode-theme-bridge,wpb-js-composer js-comp-ver-6.0.3,vc_responsive

Viseu integra consórcio europeu em projeto de mobilidade

Viseu integra consórcio europeu em projeto de mobilidade

O Município de Viseu integra um consórcio europeu de mobilidade e digitalização dos transportes. A adesão ao projeto europeu “Cooperative Streets” foi assinada esta quarta-feira, 6 de maio, na cidade de Eindhoven, na Holanda, com a presença do vereador João Paulo Gouveia. Viseu integra este projeto com 27 entidades parceiras, entre as quais 12 municípios portugueses.

A adesão foi formalizada durante o Congresso ITS, a maior feira europeia dedicada à mobilidade inteligente e à digitalização dos transportes.

O documento foi assinado pelo Presidente Instituto da Mobilidade e dos Transportes, IP, Eduardo Feio, em representação do Ministério das Infraestruturas e Habitação.

“A mobilidade é uma ferramenta determinante no ecossistema de qualidade de vida que temos vindo a criar em Viseu”, sublinhou, o Vereador João Paulo Gouveia.

O valor global do “Cooperative Streets” ascende a 31 milhões de euros, estando garantido 50% desse montante por fundos europeus.

A inclusão neste projeto europeu vai permitir ao Município de Viseu, o financiamento para a instalação do veículo não tripulado Viriato, que vai substituir o Funicular.

Esta e outras notícias para ouvir em desenvolvimento na Estação Diária-96.8 FM ou em www.968.fm

*****